domingo, 24 de setembro de 2017

O amor é incansável


O amor é incansável
O amor trabalha no coração da gente,
e nunca dorme ativa a nossa memoria,
acompanha-nos instruindo-nos, nos encantando,
realizando os nossos sonhos...
Cláudio Domingos Borges

sábado, 23 de setembro de 2017

Mundo paralelo




Mundo paralelo
Desperto do sono,
mergulhado no seu intimo,
no seu mundo dos sonhos...

Mundo paralelo,
místico de amor...
Mundo etéreo
o intimo, de nós...

Mundo dos sentimentos,
dos sonhos, o mundo belo,
de um todo, da união, da alma...

O mundo verdadeiro,
o habitar do nosso coração,
o mundo dos nossos sonhos,
mundo onde coexistimos,
a verdade de um grande amor...
Cláudio Domingos Borges

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

A saudade

A saudade
A saudade que não deixa espaço,
Não tem como separar ela de mim,
Não existem paredes, não posso tranca La,

Ah! Saudade é mais esperta que eu...


Não posso fugir, nem mesmo ao dormir,
Leva-me em sonhos para perto de você,
Saudade que não tem cura,
Rompe qualquer barreira,
Saudade é uma loucura...

Saudade que me engana,
Traz esperança fazendo me pensar,
Que ainda tenha jeito,
Que posso te procurar
E vou me dar bem...

Saudade ilusória me conta histórias,
Encharca a minha imaginação,
Com suas travessuras
Tirando a minha paz...

Saudade sem mente sem direção
Não posso te enganar,
Que no meu coração
Há um amor que não posso esquecer...
Você sabe conhece,
É por isso que não pode me deixar...

Saudade que não vê, só sente,
Não coerente. Já há outro no meu lugar...

Cláudio Domingos Borges

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Mãe do céu e mãe na terra...


Mãe do céu e mãe na terra...
Se você não ama a sua mãe que está no céu,
quem dirá da mãe que está na terra...
Cláudio Domingos Borges

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Coração partido...




Coração partido...
O que mais o silêncio me diz?
Só fala de você...
O que mais faz sentir?
Tuas palavras de amor,
Que encanta, emociona, conquista...
O que me lembra?
De tudo que era está contigo,
Românico lindo...
O que o silêncio constrói?
Sua imagem, beleza,
Que nunca vou esquecer...
O que o silêncio também diz,
Que o seu amor não é mais meu,
Que eu vou sempre sofrer,
Essa perda nunca será preenchida,
E será sempre o silêncio,
Que vai lembrar...
Do meu coração partido...
Cláudio Domingos Borges

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Detalhes do amor



Detalhes do amor
“Tudo o que é bonito,
poético, agradável, romântico, faz bem...
um presente um poema ou algo assim,
falando da beleza do amor....
fazer uma pessoa feliz,
partilhando os detalhes da vida,
com tudo que emociona, que trazem mensagens positivas,
de esmiunçar o amor em pedacinhos como se fosse degustar.
Gosto de dizer que amo de muitas maneiras,
do que apenas dizer eu amo ou eu te amo...”
Cláudio Domingos Borges